Durante essa semana foi disponibilizado pela EA Sports a mais do que esperada versão de demonstração do game de futebol FIFA 18. Disponível para Xbox One, PlayStation 4 e PC (via Origin), os fãs já podem comemorar! Dentre as anunciadas novidades e melhorias, a demo do jogo mostra grande potencial.


Um estilo consolidado

Todos sabemos que nos últimos anos a EA vem tornando sua franquia muito mais interessante do que seu concorrente KONAMI (Leia o post sobre a beta de PES 2018). Inovações dentro do gênero como o modo jornada protagonizado por Alex Hunter nos mostram que um jogo de futebol não precisa ser só um jogo de futebol.

A demo nos traz 12 times como Real Madrid e Boca Juniors, além de contar também com 4 estádios. O modo jornada que mostra o retorno de Alex Hunter pode ser testado a partir de uma prévia.

Gráfico

Iniciando a análise do game confesso que o gráfico não foi o que mais me impressionou. Comparando ao seu concorrente, PES 2018 apresenta visuais muito mais realistas e bem detalhados na versão beta.

Mesmo em seu segundo ano no game, a Frostbit (responsável pelo motor gráfico), não evoluiu muito as cores e nível de definição em relação ao FIFA 17. Então, se está procurando se impressionar com gráficos absurdos… melhor ir com calma.

Cobranças de falta e o MTS

Muito criticado pelos jogadores boleiros, as cobranças de falta e pênalti do FIFA foram finalmente melhoradas! Temos um novo modo de cobrança de faltas onde é possível controlar melhor a direção da bola juntamente com sua força. Além disso, a combinação com o a escolha do posicionamento do jogador torna tudo muito mais imersivo.

E por falar em melhorias… o game nos traz o conceito de MTS (Motion Technology System), um novo sistema de movimento que garantem de forma notável a melhora nos passes de transição e naturalidade na movimentação dos atletas. É possível perceber na demo que todos os jogadores se movimentam de maneira diferente um dos outros.

Cristiano Ronaldo capturando movimentos.

O que mais esperar?

Mesmo sem muitas novidades no gráfico, FIFA pode te surpreender no quesito torcida. A arquibancada ganhou mais vida e detalhes originais dependendo do time. Em países sul-americanos como Boca Juniors é possível perceber o papel picado espalhado as margens do gramado, aumentado nossa imersão no game.

Estádio La Bombonera.

Outra cereja no bolo e incrivelmente útil para gamers sem paciência na hora de fazer substituições são as substituições automáticas. Pela primeira vez é possível trocar um atleta sem ter que passar pela tela de administrar a equipe. Isso pode ser um avanço muito importante para a fluidez do jogo, que vai sugerir algumas trocas quando a bola não estiver em jogo.

FIFA 18 vai vir com tudo para continuar agrando seus jogadores fiéis e conquistar novos “fifeiros”. O game chega no dia 29 de setembro para Xbox One, PlayStation 4 e PC,  além do Nintendo Switch, PlayStation 3 e Xbox 360.

  • Matheus Anselmo

    Toop!!

  • Paulo Cesar Prado

    Tem tudo para ser um grande jogo!